Fratello Uno


Voltar


Publicado em 22 de maio de 2014

8 estratégias para domar o estresse


Dar um chega pra lá nas tensões é requisito básico para preservar a integridade das artérias e prevenir piripaques. Confira uma seleção de macetes que podem ser úteis no dia a dia

Vai longe o tempo em que o estresse era associado quase que exclusivamente a homens e executivos. Hoje, graças a uma demanda que engloba filhos, casa, marido, trabalho, estudos e afins, muitas mulheres vivem à beira de um ataque de nervos.

E se antigamente o corre-corre estava relacionado apenas com males da cabeça, agora a ciência mostra que o coração também sofre bastante. Quem vive sob tensão tende a ter níveis aumentados de substâncias como a noradrenalina, o cortisol e a adrenalina. E quando há excessos desse trio na circulação pode ocorrer o estreitamento das artérias, o que complica a passagem do sangue.

Para não ficar tão vulnerável, existem técnicas bem simples e capazes de inundar o corpo de bem-estar. Nós escolhemos oito, que você confere a seguir:

1- Respire fundo

Expire pela boca, conte até dez e esvazie ao máximo os pulmões. Em seguida, inspire pelo nariz inflando bem o abdômen. Conte até cinco enquanto faz o movimento. Solte todo o ar e repita a respiração completa mais seis vezes. Respirar de modo cadenciado regula os batimentos cardíacos e a pressão arterial. Ponto para o coração.

2- Tenha um hobby

Nas horas vagas, aproveite para praticar alguma atividade que lhe proporcione prazer, seja ela qual for. Uma opção é matricular-se num curso de artes. Mas aqui fica um aviso: nada de querer estabelecer regras para tudo. A ordem é relaxar, hein?

3- Durma bem

É fundamental dormir direito. Durante o sono profundo nosso organismo recupera as reservas energéticas, o que vale tanto para o aspecto físico quanto para o psicológico. E, saiba, não existem regras para o número de horas na cama. O que importa é acordar com disposição.

4- Ouça música

Sons suaves são capazes de modificar a atividade das ondas alfa no cérebro, que estão justamente ligadas à calma. Dessa forma o coração bate num ritmo bem mais sereno, sem descompassar.

5- Prepare um escalda-pés

Depois de um dia cansativo, que tal cuidar dos pés? Além de uma massagem relaxante, mergulhe-os por 20 minutos em uma bacia cheia de água quente com uma mistura de 10 gotas de óleo essencial de lavanda (Lavandula officinalis) com 1 colher de sal grosso.

6- Pratique atividade física

Escolha a de sua preferência: vale caminhar, correr, treinar na academia… Os exercícios favorecem a liberação de endorfinas, um grupo de substâncias associadas ao bem-estar mental e cardiovascular.

7- Faça alongamento

Movimentos simples são muito eficazes para livrar os músculos de contrações que interferem no fluxo sanguíneo e estão por trás de dores e desconfortos. É importante, entretanto, que o alongamento seja feito com bastante delicadeza.

8- Imponha limites

Uma das grandes causas de estresse é a falta de noção de limites – os próprios e os dos outros. É importante saber dizer não e tentar deixar de lado o perfeccionismo, já que ele pode trazer uma enorme sobrecarga para a mente.

Fonte: Revista Saude (Abril)